Posts Tagged ‘ Europa

A história de uma Europa

Eis a história geográfica e fronteiriça do mais velho continente do Mundo: A EUROPA!

Portugueses usam mais as redes sociais do que o resto da Europa

Para que usam os portugueses a Internet?

A percentagem mais elevada entre os Estados-membros para para publicar mensagens nas redes sociais este ano, foi atingida pelos internautas portugueses. Uma percentagem de 75%, superior à média da UE que é de 52%.

Mais de metade dos portugueses (67%) leram jornais ou notícias na Internet, uma percentagem ligeiramente superior à média da UE (61%), mas longe dos 92% registados na Lituânia e dos 91% observados na Estónia.

No que respeita aos serviços bancários, 41% dos portugueses utilizaram a Internet, um valor abaixo da média da União (54%) e aquém dos 91% observados na Lituânia. Quanto aos serviços de viagens e alojamento, 28% dos portugueses recorreu à Internet, contra os 50% da média da UE.

Na criação de sites e blogues, Portugal volta a apresentar uma percentagem superior à média da UE (9%), com uma percentagem de 12%, numa tabela liderada pela Holanda (17%).

Ainda segundo os dados publicados pelo Eurostat, em Portugal, 61% dos lares tinham acesso à Internet este ano, um valor inferior à média da UE, mas que representa uma evolução relativamente aos 35% registados em 2006 e aos 48% observados em 2009.

Encontro de WebDesigners

10 conferências e quatro workshops em dois dias a discutir webdesign. 20 e 21 de Setembro, integrada na Lisbon Digital Week, acontece a Refresh LX. Para o primeiro dia, com workshops, estão confirmadas 200 pessoas e para o segundo dia, dedicado às conferências, 450 pessoas.

“Cerca de 20 por cento dos participantes são estrangeiros com origem diversa, como Reino Unido, Espanha, Alemanha, Itália, Áustria e Holanda. Este é um sinal do reconhecimento além fronteiras do Refresh LX”, comenta Bruno Figueiredo, da organização do Refresh LX. Acrescenta: “A maior parte dos eventos de webdesign que existem em Portugal e mesmo na Europa são de carácter local, com uma ambição mais restrita. O nosso objectivo é reunir alguns dos maiores especialistas a nível mundial nesta área. Sentimos que muitos dos webdesigners não têm oportunidade de fazer formação mais contínua ao longo do ano e esta é uma oportunidade para, em dois dias, parar, pensar e actualizar os seus conhecimentos com oradores de nível internacionalmente reconhecido”.

E quais serão os temas em destaque? “A área mobile é incontornável. O estudo Mediascope/ACEPI 2012 revela que cerca de um milhão de portugueses acede à internet através de um telemóvel ou smartphone. Mas quais os contextos da utilização? Deveremos disponibilizar os mesmos conteúdos que são disponibilizados para PC? Jeffrey Zeldman é considerado o Rei dos Standards Web e estará presente no Refresh LX para abordar estas questões”, avança. “Vamos ter em discussão o tema do Responsive Web Design, ou seja, Web Design Adaptável. Esta é uma área em franco desenvolvimento e hoje já é possível aceder a sites cujo layout se adapta automaticamente à dimensão do ecrã do utilizador, esteja ele a aceder por telemóvel, computador ou tablet”, remata Bruno Figueiredo.

A Lisbon Digital Week inclui ainda o encontro mensal Florida After Seven (Hotel Florida) a 27 de Setembro, os encontros LXJS (sobre JavaScript) a 28 e 29 de Setembro e o WordCamp Lisbon (encontro para a comunidade WordPress) nos dia 29 e 30. A Guess What assegura a comunicação.

Fonte: meiosepublicidade | Mais informações em: refresh-lx

Pode uma lasanha consertar um coração partido? > Milaneza

Pode um prato de massa ser mais do que um prato de massa?

É com uma grande que pergunta que surge a nova campanha da Milaneza. E como resposta a esta, surgem outras:

- Pode um fio de esparguete ligar pessoas como liga sabores?
- Pode uma lasanha consertar um coração partido?
- Pode o macarrão acender a imaginação?
- Pode o banal ser fora do normal?
- Pode uma meada desenrolar-se em gargalhadas?

A publicidade está repleta de sentimento, e “aromas”, momentos especiais partilhados com as pessoas de quem mais gostamos. Momentos estes partilhados com um prato de massa, um prato de Milaneza. Ao que surge a última pergunta, a mais importante de todas e que complementa todas as anteriores: Pode Milaneza ser mais do que massa?

Julgo que é fácil responder a esta pergunta. Eu não sou cliente habitual da marca, tanto compro dessa como de outras, depende da massa que pretendo fazer em específico. Mas julgo que a massa, nunca é só massa. É mais do que isso. É um ingrediente que permite fazer imensas receitas, que encaixa com tudo e mais alguma coisa, desde pratos simples a mais sofisticados. E mais importante ainda. Se comemos sozinhos é uma refeição que nos aquece e nos faz companhia. Se estamos acompanhados é uma refeição que temos todo o gosto em partilhar. Por isso sim,  um prato de massa pode ser mais do que um prato de massa, e Milaneza também pode ser mais do que massa. Em especial se for partilhada.

A par desta campanha surge uma renovação da marca. Milaneza surge com um novo logótipo, novas embalagens e uma nova assinatura.

No logótipo as grandes alterações prendem-se com a mudança no tipo de letra, que é mais fina e não é em caixa alta, o que o torna mais leve. A risca que estava acima do nome também desaparece e a caixa vermelha ganha um contorno que lhe dá mais destaque. A embalagem também se torna mais limpa e mostra ainda mais o produto que vendem, ão havendo espaço para dúvidas. E depois de “Milaneza: tem receita para tudo” surge  uma nova assinatura: “Milaneza alimenta a imaginação”.

“O desafio passa por relançar uma marca líder, reafirmando-a e potenciando o seu património – uma marca com elevada notoriedade, códigos poderosos, empática e inovadora. Com este movimento procuramos atrair para a marca maior emoção, sentimento, dinamismo, modernidade, juventude, mas também tradição, reforçando um atributo único que a marca tem – a sua sabedoria. O saber fazer bem massa há mais de 78 anos”.

Para esta remodelação de imagem a Milaneza recorreu a uma agência de branding e design Londrina, a Pearlfisher, sediada em Londres, com know how e experiência mundial e com responsabilidade no desenvolvimento de grandes marcas – Absolut Vodka, Jamie Oliver ou Oliveira da Serra. O objetivo da Pearlfisher passou por criar uma nova e impactante expressão para a Milaneza e para as suas embalagens, levando a marca para o futuro, com uma expressão de contemporaneidade e juventude, mantendo o capital de reconhecimento que foi sendo construído ao longo dos anos.

A estratégia e desenvolvimento criativo da nova campanha Milaneza foi conduzido pela Young & Rubicam, que também já fez para o Intermarche.  A campanha tem duas vagas de comunicação, a primeira que já decorre e começou a 23 de Julho e a próxima que arranca a 17 de Setembro, ambas com presença em TV, Rádio, Outdoor, Digital e/ou Pontos de Venda.

Tudo tem um valor

Quem já não ouviu falar do OLX, o site de classificados gratuitos online?

Pois bem, esta empresa foi fundada em 2006 e já conta com clientes de 98 países, 40 línguas. Já é alguma coisa, não?

Este site apresenta-se como sendo uma opção simples e sem complicações para as vendas mais complicadas. Ou seja, tem alguma coisa em casa que julga que não consegue vender, que ninguém há-de querer? Tente em olx.pt. Como diz na campanha de hoje, “Em olx.pt tudo tem um valor. Vende já!”.

Mas se há quem venda, também há quem queira comprar, e através de uma simples pesquisa pode encontrar aquela coisinha que julgava que nunca haveria de encontrar.

O OLX é atualmente o maior site de anúncios classificados gratuitos em Portugal, para vender e comprar online. E de forma a aumentar ainda mais a sua popularidade e o número de utilizadores, decidiu apostar em campanhas de publicidade na Televisão, de forma a mostrar a sua verdadeira simplicidade.

Sob o slogan “Tudo tem um valor no OLX”, surgiram as campanhas na televisão portuguesa. Seguindo um tom divertido, estas são-nos apresentadas ao mostrar simples ações do dia-a-dia, em que os personagens se cansam dos seus velhos bens e decidem pô-los à venda e descobrir se aquilo ainda rende alguma coisa, em vez de simplesmente deitar ao lixo. Tendo em conta a situação atual em que vivemos, todo o dinheiro é bem-vindo. E convenhamos, não custa nada tentar obter uns trocos que seja por um objeto que já não usamos, e que pode ser útil a alguém.

Basta visitar o site, Olx Portugal, e lá pode encontrar imensos produtos em diversas categorias que vai desde arte, antiguidades, casas, jardim, comércio, computadores, DVDs, fotografia, jogos, jóias, livros, roupa, telemóvel, até consolas. Ou muito mais, é só uma questão de o produto estar disponibilizado. Tem de tudo, depois é só escolher!

As lágrimas secam mais rápido ao sol

Ontem a selecção nacional foi eliminada pela Espanha após aquilo que foi um Grande jogo. Deram luta, muita luta e é uma pena que esteja na hora de vir embora e abandonar o Europeu. E mesmo apesar de ser um jogo contra a actual campeã da Europa e do Mundo, muitos eram os esperançosos de que fossemos à final.

Pois bem, paciência… Fica para a próxima.

A campanha que vos trago hoje entra um pouco nesta temática. Apenas não foi direccionada à selecção portuguesa, mas sim à inglesa, que nem chegou às meias finais, ao perder nas grandes penalidades.

A campanha é da EasyJet e é uma resposta a esta derrota. Uma resposta de apoio! “As lágrimas secam mais rápido ao sol”. Bem dito. O mesmo se aplica aos portugueses. Acabou-se, por isso, que estiver de férias que aproveite este belo sol para secar as lágrimas e seguir em frente!

Voltaremos a tentar, e pode ser que um ano destes tenhamos toda a sorte do nosso lado :P

Joana Vasconcelos expõe em Versalhes

As portas do Palácio de Versalhes, lugar da arte por excelência, abriu hoje as portas a Joana Vasconcelos. A artista portuguesa, a convite do Presidente da Instituição, Jean-Jacques Aillagon, torna-se assim na primeira mulher e mais jovem artista contemporânea a expor em Versalhes.

exposição de Joana Vasconcelos nos apartamentos de Estado e jardins do Palácio Versalhes decorre de 19 de Junho a 30 de setembro de 2012 e estima-se que seja vista por dois milhões e meio de pessoas.

Entre as obras escolhidas para a exposição contam-se «Mary Poppins», peça de 2010 feita em crochet e tricô, «Marilyn», de 2011, dois sapatos gigantes compostos por panelas e tachos portugueses, e «Coração independente», em vermelho (2005) e em negro (2006), feito de colheres de plástico. Uma grande particularidade que a artista refere é os artigos que usa nas suas obras serem portugueses.

Related Posts with Thumbnails