Posts Tagged ‘ 2010

Hamilton Fray

Hamilton Fray é o nome da adega a quem pertence os rótulos abaixo. O design já não é de agora, é de 2010, mas continua a ser interessante de se ver. A ligação entre os rótulos e os vinhos é o simples facto de existirem muitas aves diferentes nas suas vinhas. As aves, ou o facto de viverem na adega, como é óbvio, não nos dizem nada relativamente à qualidade ou sabor do vinho, mas fazem logo uma ligação com a natureza, ou seja, um produto natural, sem químicos.

Cada ave usada nos rótulos simboliza um tipo de vinho diferente. Mas o que mais me agrada neste design é as cores. O azul típico do mirtilho e a cor do chocolate dão um toque belíssimo à garrafa e tornam-na muito atrativa.

Este é um rótulo que marca pela diferença porque aparentemente não tem nenhuma ligação com o produto que vende. Mas como tudo vende, a imagem e a cor são o que vendem aqui. Um trabalho da Motto Agency.

Canon lidera mercado fotográfico

A Canon continua a sua trilha de liderança na venda de equipamento fotográfico mantendo os 19% de quota de mercado conseguidos no ano de 2009, porém a Sony, a Nikon e a Samsung aproximaram-se do líder relativamente ao ano transacto.

O número de equipamentos fotográficos no mercado global subiu cerca de 10% comparativamente ao ano anterior, passando para aproximadamente 141 milhões de equipamentos vendidos no decorrer do ano de 2010, essencialmente graças à emergência de novos mercados como foi o caso do mercado chinês.

Ainda de acordo com dados fornecidos pela Bloomberg, a Canon lidera também o mercado de equipamentos com objectivas intercambiáveis com 44,5% de quota de mercado seguido pela Nikon com 29.8% , depois a Sony com 11.9% e finalmente com 13.8% de quota de mercado para os restantes fabricantes.

De entres as principais marcas de equipamentos fotográficos, as que perderam quota de mercado foram a Kodak, a Panasonic, a Olympus, a Fujifilm, a Casio e a Pentax.

Guarda-chuva Nubrella

A empresa New York Nubrella Inc. exibiu o Design do Nubrella, um guarda-chuva que permite deixar as mãos livres e tem pouca resistência ao vento.

O Design oval e aerodinâmico protege a cabeça e ombros do utilizador. A forma de montar não deixa que o produto seja invertido pela força do vento. É só prendê-lo aos ombros com a alça regulável e fica protegido, com o bónus de ficar com as mãos livres. Para abri-lo, é só apertar o botão para destravar e puxá-lo por cima da cabeça. O Nubrella pesa menos de 1 kg.

O fundador da Nubrella Inc, e criador do produto, Alan Kaufman, teve a ideia após ver, um dia muito chuvoso e ventoso em Dezembro de 2002, em Manhattan, na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, muitas pessoas com dificuldades em segurar os seus guarda-chuvas. Ao observar o problema, uma imagem surgiu na sua cabeça e ele correu para a sua mesa e desenhou o que viu. No final de 2008, Kaufman exibiu a ideia e fundou a Nubrella Inc, que por fim possibilitou o início da produção do novo produto, já presente em 50 países.



 

O que vos faz lembrar este guarda-chuva? A mim faz lembrar um capacete de um astronauta em tamanho maior.

Fonte: Saladadebits



O Clube Bang Bang em filme

 

“The Bang Bang Club” é um filme baseado em factos e pessoas reais, como os fotógrafos Kevin Carter, Greg Marinovich, Ken Oosterbroek, e João Silva, quatro jovens fotógrafos de combate.

Estes quatro ‘cavaleiros’ arriscaram as suas vidas para contar e mostrar ao mundo a brutalidade e violência associada às primeiras eleições livres na África do Sul, pós apartheid, que levaram ao poder a democracia pelas mãos de Nelson Mandela nos anos 90. Este período politicamente intenso, e a vontade de transmitir ao mundo a verdade, rendeu-lhes dois Pulitzers, custando-lhes no entanto um preço irremediavelmente e estrondosamente pesado.

Kevin Carter

Conhecem provavelmente a fotografia de Kevin Carter, vencedor de um Pulitzer com a foto que retrata uma criança faminta no Sudão e um Abutre a cerca de 10 metros. Ainda a titulo de curiosidade, a criança, segundo o jornal espanhol El Mundo, chamava-see sobreviveu a este evento, morrendo em 2007 de “febres”, segundo nos conta o seu pai. Ainda em forma de parêntesis, nada indica que Kevin se tenha suicidado por causa desta fotografia, em particular, ainda que muitas más línguas o afirmem até à exaustão. A verdade é que a carta que Kevin deixou a 27 de Julho de 1994 aquando do seu suicídio referem uma série de situações e nunca esta fotografia em particular como se pode ver abaixo em pequenos trechos da mesma. Entretanto muito se tem especulado e vários livros e documentários foram feitos acerca de um dos maiores fotógrafos contemporâneos.

Estou deprimido… Sem telefone… Sem dinheiro para o aluguer..
Sem dinheiro para ajudar as crianças… Sem dinheiro para as dívidas…
Dinheiro!!!…
Sou perseguido pela viva lembrança de assassinatos, cadáveres, raiva e dor…
Pelas crianças feridas ou famintas…
Pelos homens malucos com o dedo no gatilho, muitas vezes policiais, carrascos…
Se eu tiver sorte, vou me juntar a Ken…
Read more

Bicicleta Dobrável!

Hoje em dia a bicicleta é cada vez mais usada devido à necessidade de dar uma escapadela ao trânsito caótico das grandes cidades. :-D E como tal, precisamos que esta, se aperfeiçoe às nossas necessidades, como por exemplo, onde colocar a nossa bicicleta de maneira a que ninguém a roube? 8-O

Bem, foi com esse pensamento que Kevin Scott, um adolescente britânico, inventou a bicicleta dobrável.

Kevin Scott – A bicicleta dobrável

 

Kevin Scott, de 21 anos, devido à sua criação ganhou um prémio “Business Design Centre New Designer of the Year Award”, no valor de 500 €, para estimular o desenvolvimento do projecto. Bem, esta bicicleta criada pelo Scott pode ser completamente dobrada à volta de um poste e presa lá ou guardada em pequenos compartimentos.

O mecanismo desenvolvido dentro da estrutura permite que o quadros da bicicleta – os dois tubos centrais – se convertam em tubos flexíveis. Para isso, o jovem desenvolveu uma alavanca no quadro da bicicleta que libera a rigidez da estrutura. Uma vez dobrada, os seus dois lados ligam-se um ao outro com um simples, mas seguro, fecho. Depois é só deixar a bicicleta enroscada no poste e ir para a escola ou para o trabalho. É simples não é?

Ele diz que o seu produto não necessita de correntes ou cadeados, o que permitirá a diminuição dos roubos em Londres e tantas outras cidades do mundo.

“Eu pretendo usar o dinheiro do prémio para fazer pesquisa e produção de alguns componentes – chaves que permitiriam uma experimentação completa. E espero que isso seja um grande passo em direcção a uma carreira dentro do design industrial de bicicletas”

Agora é só esperar que este fantástico produto chegue ao resto do mundo!! :mrgreen:

Fonte: Jessecad

Retratar um Livro em Fotografia

A Fundação José Saramago lançou no passado dia 26 de Janeiro a sua primeira edição do Prémio “Retratar um Livro”, com o objectivo de desafiar os fotógrafos (profissionais e amadores) a ilustrarem através da fotografia uma determinada obra literária:  as suas personagens, os espaços e os ambientes.

A fundação tem como um dos objectivos apoiar e estimular iniciativas e acções culturais na defesa da difusão da Literatura Portuguesa. Nesse sentido criaram esta ação. José Saramago havia proposto (segundo a fundação) o nome de Almada Negreiros para a primeira edição. Assim, e com base no livro “Nome de Guerra”, a fundação propõe que todos os amantes de fotografia leiam o livro atrás referido e, posteriormente, através da fotografia, expressem o espírito do livro, a sua mensagem… que tornem visíveis a imaginação do leitor, a invisibilidade dos cenários, da história.

O concurso está aberto a todos os participantes e o vencedor poderá levar consigo 1.000 euros (500 para o segundo e 250 para o terceiro). Para o conseguir deverá fazer a sua participação a partir do passado dia 27 de Janeiro e até 22 de Abril de 2011

Para mais informações devem contactar via e-mail a fundação.

fonte: Fundação José Saramago |   Regulamento Oficial

IMPAwards > Os melhores posters 2010

Para os fãs de cinema aqui ficam os posters vencedores do ano passado (2010) segundo a seleção da IMPAwards – o maior repositório de posters de filmes da internet.

“Rabbit Hole” foi escolhido como o melhor poster de 2010, e  “Harry Potter 7″ como o melhor teaser.

Na categoria de poster mais engraçado o vencedor foi “Despicable Me” e  na mais assustador o “The Human Centipede (First Sequence)”.

Já o pior poster foi “Takers”.

Aqui pode ver todos os posters do ano passado e para ver o resto dos nomeados/vencedores clique aqui.

Related Posts with Thumbnails