Archive for the ‘ Eventos ’ Category

Brevemente – 4ºedição – Ainda vais a tempo!

A Semana Cultural da Universidade de Coimbra, este ano na sua XVI edição, tem como mote REDES, “Redes em que nos movimentamos ou que nos circundam – de trabalho, sociais, de solidariedade, familiares, dos afetos, do ecossistema, do universo, de transportes, da música, redes de investigação, redes científicas”. O Design e o Multimédia irão ter um papel importante nestas Redes, à semelhança das últimas edições do Brevemente da semana cultural da universidade de Coimbra. Este ano a Universidade de Coimbra realiza, durante semana cultural da universidade de Coimbra,  a quarta edição do Brevemente – Concurso Universitário Internacional de Design e Multimédia, destinado a todos os estudantes de expressão Portuguesa. Nos anos anteriores conseguiram estimular e premiar a criatividade no meio académico, promovendo trabalhos oriundos de várias partes do mundo Lusófono, que de outra forma teriam apenas espaço dentro das portas das Universidades e dos Institutos Politécnicos.

poster-final-1-page-001

Como júri terão Alice Geirinhas, Clara Almeida Santos, Lizá Ramalho, Luís Moreira e José Bártolo. Em comum, todos são reconhecidos especialistas na área do design ou da comunicação.

Agora tens até ao dia 8 de Abril para entregar a tua submissão de trabalhos. De que estás à espera?

Inscreve-te, aqui!
Podes também consultar o regulamento e tirar algumas duvidas.
Para mais informações visite o site do Brevemente – 4º Edição, relativo à semana cultural da universidade de Coimbra.

Autocarro Anfibio

Se por acaso passar por Lisboa, e cruzar se com um veiculo estranho, de cor amarela e muito alto, não se assuste, não esta num cenário de guerra, trata se sim do investimento de uma empresa privada, num produto que não é inédito no mundo, mas que ao mesmo tempo é inovador, E o primeiro na Península Ibérica, e vai puder oferecer a quem se quiser aventurar a entrar neste veiculo, o melhor que Lisboa tem para oferecer, que é a bela cidade, com as suas ruas e bairros típicos, os seus monumentos e o rio Tejo, e não percebeu mal, pois vai ter a oportunidade de navegar no rio Tejo, pois como podem ver no vídeo em baixo, este autocarro consegue entrar nas aguas do rio Tejo e nelas navegar, e sentir se como peixe na agua, espero que esta iniciativa se estenda agora a outras cidades do país, e que num futuro próximo os vejamos no rio Douro, ou num rio perto de si.

 

Fontes: Youtube; Publico

Raios de Esperança

O realizador austríaco Paul Wex após contato de um piloto da Força Aérea Portuguesa, passou uma semana com o Esquadrão 751 da Força Aérea Portuguesa.

Este esquadrão tem varias funções, desde funções militares, escolta e transporte de altas individualidades, mas não é nestas áreas que mais se tem notabilizado, mas sim na área de busca e salvamento, aonde durante esta produção, podemos ver alguns dos exercícios que são treinados até a exaustão, para que numa situação real, sejam mesmo um raio de esperança para aqueles que mais precisam.

Esta produção apresenta nos imagens de altíssima qualidade, tendo sido utilizada para o efeito uma Cânon 5D Mark3, lentes 24L 1.4, 50/1.4, OM 35/2.8, 11-16/2.8, acabando como resultado imagens que valem bem a sua visualização, daí os muitos parabéns ao realizador e aos seus intervenientes, e ao esquadrão que continuem com o excelente trabalho em prol do outro, que decerto muito orgulhara os portugueses.

Copyrights: Canal Youtube; Paul Wex web site

Ser Trofa – De 11 a 22 de junho – 21h00 – Trofa

Ser Trofa: Exposições e Eventos com associações locais é uma iniciativa promovida pela AEBA, no âmbito do projeto de Requalificação Urbana dos Parques – Operação 3 – designada por “Reestruturação e Dinamização Económica”. Tem como objetivo gerar o envolvimento dos diferentes agentes económicos e população em geral nas dinâmicas de promoção e atratividade da cidade da Trofa. Nesta ação participam ativamente as associações locais, promovendo e demonstrando o potencial cultural e recreativo existente na Trofa.

Aeba

Vidas Suspensas

35 anos do Esquadrão 751 da Força Aérea Portuguesa

Sobre o Lema ” Para que outros vivam”, o esquadrão 751 da FAP, comemora este ano 35 anos de vida, com muitas historias para contar, umas com final feliz, outras há que não, mas sempre em alerta máxima, para que a sua principal missão que é salvar vidas seja cumprida com êxito, nem sempre possível, muito devemos a estes homens e mulheres que desempenham as mais diversas funções e que arriscam as suas vidas muitas vezes em condições adversas para salvar os outros, sempre com um objectivo, salvar mais uma vida, e levar um sorriso até aqueles que muitas vezes esperam e desesperam pelos seus familiares e amigos. Parabéns pelos 35 anos e que venhas outros mais.. Missão cumprida.

Augusto Mayer morre aos 86 anos

O fotógrafo Augusto Mayer faleceu ontem no hospital de Santa Maria em Lisboa com 86 anos. O fotógrafo faleceu um dia depois do seu irmão, o pianista de jazz Ivo Mayer, de 84 anos, e cujo funeral se realiza hoje de manhã em Muge, Salvaterra de Magos.

MayerDeve-se a Agusto Mayer grande parte da história jazzistica portuguesa, nomeadamente ao longo das quatro décadas (1940, 1950, 1960 e 1970). Durante esse período, Augusto Mayer captou através das suas objetivas alguns dos grandes ícones do jazz, como Sidney Bechet, Count Basie, Duke Ellington, Oscar Peterson, Quincy Jones, Benny Goodman, Miles Davis, Bill Evans, SarahVaughan, George Wein, Red Rodney e Ronnie Scott.

Para mais informações sobre Agusto Mayer e seu legado visitar o Blogue Jazz no País do Improviso.

Richard Zenith vence Prémio Pessoa

O tradutor e investigador Richard Zenith é o vencedor do Prémio Pessoa 2012. O anúncio foi feito ontem, sexta-feira 14 de Dezembro, pelo presidente da mesa do júri, Francisco Pinto Balsemão. Da mesa, faziam parte, Fernando Faria de Oliveira, António Barreto, Clara Ferreira Alves, Diogo Lucena, Eduardo Souto de Moura, João Lobo Antunes, José Luís Porfírio, Maria de Sousa, Mário Soares, Miguel Veiga, Rui Magalhães Baião, Rui Vieira Nery e Viriato Soromenho-Marques.

Richard Zenith tornou-se "cidadão de Portugal por dedicação e louvor a uma obra, a de Fernando Pessoa"

Richard Zenith tornou-se cidadão de Portugal por dedicação e louvor a uma obra, a de Fernando Pessoa

Richard Zenith é escritor, tradutor e crítico literário. Nasceu em Washington, D.C. em 23 de Fevereiro de 1956, graduando-se na Universidade da Virginia em 1979. Desde então já viveu na Colômbia, Brasil, França e Portugal. Traduziu para a língua de William Shakespeare autores como Sophia de Mello Breyner, António Lobo Antunes, Antero de Quental e Fernando Pessoa.

Além do Prémio Pessoa (2012), foi distinguido com o Pen Award (1999), o prémio de Tradução da Fundação Calouste Gulbenkian (2002), entre outros.

O Prémio Pessoa é uma iniciativa conjunta do jornal Expresso e da Caixa Geral de Depósitos, no valor de 60 mil euros e é, atribuído a personalidades que intervenham de forma particularmente relevante e inovadora na vida artística, literária ou científica do país.

Esta é já a 26.ª edição do Prémio Pessoa. Eis todos os galardoados desde 1987.

1987 – José Mattoso

1988 – António Ramos Rosa

1989 – Maria João Pires

1990 – Menez

1991 – Cláudio Torres

1992 – António e Hanna Damásio

1993 – Fernando Gil

1994 – Herberto Helder

1995 – Vasco Graça Moura

1996 – João Lobo Antunes

1997 – José Cardoso Pires

1998 – Eduardo Souto Moura

1999 – Manuel Alegre e José Manuel Rodrigues

2000 – Emanuel Nunes

2001 – João Bénard da Costa

2002 – Manuel Sobrinho Simões

2003 – José Joaquim Gomes Canotilho

2004 – Mário Cláudio

2005 – Luís Miguel Cintra

2006 – António Câmara

2007 – Irene Flunser Pimentel

2008 – João Luís Carrilho da Graça

2009 – D. Manuel Clemente

2010 – Maria do Carmo Fonseca

2011 – Eduardo Lourenço

Related Posts with Thumbnails