Archive for the ‘ Marketing ’ Category

Registo de Marcas. Proteja-se! Proteja a sua marca!

Todos nós gostamos de ter uma marca registada, mas o que é isso de registo de marcas? Qual a importância do registo de marcas? E depois de registada, estamos seguros ou é ainda necessário proteger essa mesma marca?

Antes de registar uma marca, seja ela qual for, é importante que se conheça o mercado com o qual comercializamos e as suas especificidades. É deveras importante conhecer as marcas concorrentes que já são comercializadas e como estas funcionam. É igualmente conhecer bem os meandros, os itens que estão sob a proteção dessa mesma marca.

Depois de decidir que existe um espaço para o seu produto, convém, ainda antes de proceder ao registo efetivo da marca, que contacte um parceiro (dependendo como pretende atuar em relação à sua marca) para posteriormente proceder à divulgação e distribuição do produto / marca em causa. Além do mais, quando se contacta com grandes distribuidores, conseguimos por vezes, ser protegidos de algumas eventuais surpresas que se venham a desencantar depois ao longo da vigência da marca, vigência essa que é normalmente de dez anos. Em suma, numa primeira fase o importante é mesmo um elevado conhecimento do mercado em que se insere por forma a lhe permitir de igual modo, uma maior possibilidade de escolha de uma marca que seja realmente apropriada ao produto / serviço que pretende desenvolver e ao mercado que pretende atingir.

Após a escolha marca, faça uma pesquisa cuidada nas principais bases de dados de forma a não entrar em conflito com uma outra marca já existente no mesmo mercado sob o qual você também pretende atuar. Por vezes, pode acontecer de uma determinada marca não estar em uso, ou não ser conhecida, mas estar já registada, por isso, novamente refiro, a importância em se proceder ao um criterioso processo de pesquisa de forma a evitar despesas indesejadas. Além das despesas indesejadas, pior ainda é, se por indisponibilidade de registo da marca pretendida, for obrigado a reformular toda a sua estratégia comunicacional e de interação de mercado.

Uma vez chegada à conclusão que é possível registar o seu produto ou serviço (marca) chega então a árdua tarefa da selecção de um nome. A escolha do nome é deveras importante. Nesta ocasião poderá optar por seleccionar uma marca já conceituada ou então avançar com uma nova marca criada de raiz. Não esqueça, ao seleccionar o nome de ter o especial cuidado de analisar eventuais conotações negativas que possam daí surgir, quer noutros idiomas, quer por vezes no próprio idioma, mas em mercados distintos do seu, pois pode eventualmente essa má conotação posteriormente ser associada por ‘simpatia’ à sua marca.

Nome seleccionado, há que avançar com o registo. Tenha em atenção que o registo de uma marca demora em média cerca de 90 dias. O registo de uma marca deve ocorrer antes de iniciar a comercialização do referido produto ou serviço, se bem que, por vezes tal não ocorra. Abaixo, fica um pequeno gráfico demonstrativo do processo de registo de uma marca.

Processo de registo

É sempre indicado proceder ao registo antes de efetuar qualquer ‘movimento’, pois caso contrário, pode estar a correr alguns riscos, uma vez que está a abrir o jogo para um potencial concorrente, ou terceiro, e este poderá registar a mesma marca primeiro levando a situações complicadas que normalmente  acabam na barra do tribunal.

Após aguardar o término do processo e partindo do pressuposto que a sua marca é realmente registada, é importante que mantenha sempre uma regular monitorização da sua marca através de uma consulta às bases de dados dos diferentes institutos com autoridade para o registo de marca e patentes; uma igual monitorização ao mercado e à forma como o mercado se relaciona com a sua marca; um especial cuidado contra violações parciais ou efetivas do bom uso da sua marca.

Esta é a nossa assinatura

A Apple está a mudar a sua forma de interagir com o público e fê-lo com a nova campanha à qual apelidou de “Esta é a nossa assinatura”. Neste momento apresenta uma assinatura diferentes, já não apela aos consumidores para pensarem diferente, se calhar porque quem naquela empresa pensava diferente, verdadeiramente diferente, já não se encontra no ativo, assim, a Apple optou por uma abordagem diferente, no fundo a abordagem esperada de todos os amantes da forma de pensar e agir de Steve Jobs… sentimento: esta é a nossa assinatura! Com este novo anúncio, denominado de: esta é a nossa assinatura, a Apple apela à apresentação e existência de conceitos diferentes, mais do que pensar fora da caixa. O vídeo é obviamente sentimentalista e quiçá um pouco piegas, mas é provavelmente a abordagem mais indicada para a nova estratégia da Apple. Esperemos pelo lançamento da nova versão IOS daqui a uns três mesinhos… e depois falamos e veremos se realmente esta é a nossa assinatura, ou se é apenas a deles.

Impressão 3d vai revolucionar a indústria.

É mais que possível que já tenha ouvido falar do termo impressão 3d. Desde que acordou até chegar ao seu trabalho já entrou em contato com dezenas de objetos que foram desenhados ou construídos com a ajuda desta tecnologia. Desde a prototipagem rápida que deu origem à sua escova dos dentes, ao modelo da sua máquina de café e até peças do seu automóvel.
O gigante da tecnologia Microsoft não fica atrás. A possibilidade de imprimir protótipos em poucas horas sem a necessidade posterior de montagem, isto porque vários são impressos de uma vez só e com as peças a funcionar.
Neste vídeo (em inglês) podemos ver o ambiente de um laboratório de protótipos da Microsoft enquanto Karsten Aagaard (Designer de experiência do utilizador) mostra a Joshua Topolsky como funciona a impressora 3d.

Outro produto Microsoft grandemente influenciado pela impressão 3d foi o seu novo tablet, o Surface, incluindo o teclado plano conectável!

Procura casa?

No outro dia, andava eu a fazer uma pesquisa de imóveis para compra e deparei-me com este site nacional de compra e venda de imóveis. Ainda não conhecia e sinceramente gostei da possibilidade de pesquisa que consegue proporcionar. É um portal gratuito que disponibiliza todo o tipo de imóveis – casas, apartamentos, terrenos, quintas e herdades, garagens e estacionamentos, escritórios, lojas – para arrendar ou comprar. Tem um interface tão simples que permite que encontremos a informação que procuramos de uma forma verdadeiramente rápida e intuitiva. E ainda consegue ter disponível mais de 240 000 imóveis para venda e/ou arrendamento!

O portal disponibiliza ainda informações estatísticas de todas as freguesias do país, através do separador “Viver” onde é apresentado um conjunto de informações, baseadas em fontes fidedignas e complementadas com dados recolhidos a partir dos mais de 240 mil imóveis presentes na plataforma.

Esta área permite que se possa conhecer e descobrir as dinâmicas demográficas e imobiliárias de determinada região ou cidade, pois oferece um enquadramento geral da oferta imobiliária, dados demográficos, dados imobiliários – relativos ao stock existente – dados de mercado da oferta imobiliária e um mapa interactivo detalhado com a localização de pontos de interesse como instituições de ensino, de cuidados de saúde, de lazer, entre outras.

Para além de toda a oferta disponível no site, ainda está associado ao Facebook e conta  com mais de 100.000 fãs, o que o coloca como um dos 10 maiores portais imobiliários, a nível mundial, nas redes sociais, e demonstra o enorme dinamismo deste projecto, nos diferentes meios online à sua disposição.

Em suma, o site consegue reunir um conjunto de factores favoráveis na hora de escolher o imóvel ideal, e permite que se consiga obter os resultados desejados fazendo pesquisa em apenas um local.

Sem sombra de dúvida que é o site ideal para quem procura um imóvel para comprar/arrendar.

Até uma criança de 11 anos sabe trabalhar com o Windows 8

Já muita gente conhece o Windows 8. Ou no computador, ou no telemóvel, ou pelo menos através de publicidades e notícias. E a grande vantagem que se fala nesta nova versão é a simplicidade e o fato de ser bastante intuitivo.

A pensar nisto, a agência “O Escritório” teve a ideia de colocar uma criança de 11 anos a fazer demonstrações na FNAC do Chiado, Lisboa.

O rapaz foi escolhido através de um casting. Depois foi-lhe explicado aquilo que tinha de aprender sobre o sistema operativo. Em apenas um dia fez cerca de 70 demonstrações!

fonte: imagens de marca

Portugal – A beleza da simplicidade

“Portugal, the beauty of simplicity”, assim se chama o vídeo promocional a Portugal que foi distinguido e premiado este sábado passado na Polónia, no Film, Art & Tourism Festival. O filme promocional turístico de Portugal foi distinguido em Varsóvia na categoria “The best film promoting country, region or city” com o segundo prémio, entre 220 filmes internacionais candidatos.

Este foi produzido pela Krypton Films para o Turismo de Portugal, e é já utilizado em várias acções promocionais do País, como feiras, eventos ou sessões oficiais de divulgação, além dos portais promocionais na internet e redes sociais, tendo sido apresentado em Janeiro na Fitur (Madrid).

Esta ferramenta de marketing complementa ainda a campanha internacional “Portugal, the beauty of simplicity”, em curso na Alemanha, Espanha, Reino Unido, Dinamarca, França, Holanda, Irlanda, Noruega, Suécia, Rússia e na própria Polónia.

São quatro minutos de imagens ao som da música composta por Nuno Maló, que mostram os principais atrativos de turísticos de Portugal, incluindo o mar, a natureza e a gastronomia, passando pela oferta cultural, pelo golfe, surf, pelas paisagens humanas ou pela animação nocturna.

Entretanto, sobre o vídeo oficial do Turismo de Portugal, premiado internacionalmente, surgiu já uma pequena polémica que salienta que este tem imagens manipuladas de Lisboa. Na montagem do filme foram duplicadas ruas e edifícios da capital.

Na capital a rua Braancamp, que liga o Marquês de Pombal ao Largo do Rato, percebe-se, num olhar mais atento (e de quem conhece o sítio) que na passagem de um plano, onde já se vê a rua Braancamp, para outro, a mesma rua duplica de tamanho. Assim como os edifícios do Marquês de Pombal e da Avenida Fontes Pereira de Melo aparecem duplicados, também a própria rotunda do Marquês, desta vez, já sem a estátua.

O vídeo, da produtora Krypton Films, custou ao Estado português cerca de 190 mil euros e foi encomendado pelo Turismo de Portugal em dezembro de 2010.

O Turismo de Portugal já pediu explicações à empresa produtora, mas desvalorizou a duplicação. Disse a entidade pública que o problema detectado incide sobre uma ínfima parte das imagens e não interfere no valor estético e promocional do vídeo.

Fonte: Turismo de Portugal, TVI, IOnline

Benetton procura o desempregado do ano

Se anda à procura de emprego certamente que tem já um curriculum vitae preparado para apresentar nas reuniões a que tiver hipótese de ir. É uma daquelas “armas” que tem de ter sempre à mão, pois nunca se sabe quando vai ser preciso. E se precisa dele para conseguir emprego também necessita para outras ocasiões, por exemplo para se inscrever num curso.

Mas certamente que nunca lhe passou pela cabeça vir a precisar de apresentar um curriculum para ganhar o lugar de desempregado do ano! Digamos que da forma que está a ser apresentado, até soa mal.. desempregado do ano. Acho que esse é o lugar que ninguém quer! mas que pode até nem ser tão mau se daí puder ganhar a módica quantia de 5 mil euros! Tentador, não?

A única condição é estar desempregado e ter entre 18 e 30 anos e ficar entre os cem primeiros a apresentação de um projecto pessoal até 14 de Outubro (já aperta o prazo), que esteja “em consonância com a filosofia e os valores fundamentais da Fundação Unhate”. Os 100 mais votados recebem “o montante de 5 mil euros cada”.

A iniciativa é apresentada pela United Colors of Benetton que tende a surgir com campanhas polémicas como já é do conhecimento público, por exemplo aquela em que Sarkozy e Merkel se beijam.

Desta vez, afirma Alessandro Benetton, na apresentação pública da campanha, que aconteceu em Londres, “esta campanha pode parecer menos impactante do que as anteriores, mas o assunto é mais grave”, “Pela primeira vez, em muitos anos, os nossos filhos vão ter uma vida mais dura do que a dos seus pais”. O objectivo desta campanha é chamar a atenção para um problema social que alastra em todo o mundo, e que nós em Portugal o conhecemos muito bem.

Para promover o concurso, a marca exibe, no site, fotografias de jovens vestidos para uma entrevista de emprego, lado a lado com uma legenda que conta a sua história. Fica-se, assim, a saber que James, de 23 anos, é um “não engenheiro de som do Reino Unido” e que Eno, de 28, é um “não actor nos EUA”. Para a Benetton, cada relato – e retrato – de desemprego é único: “1 dos quase 100 milhões de jovens com menos de 30 anos à procura de emprego”.

fonte: benetton, UNHATE, Publico

Related Posts with Thumbnails