Campanha Pilot Extrafine

Conhece a campanha Pilot Extrafine desenvolvida pela agência de publicidade Grey Agency?

Se não, não pode perder esta oportunidade. Se já viu, vale a pena recordar.

A Grey Agency para demonstrar a qualidade que as canetas Pilot Extrafine possuem resolveu tatuar os famosos bonecos da Lego, tirando o máximo partido do bico da caneta de 0.25mm, o que resultou num excelente e criativo trabalho, sendo esta caneta capaz de exprimir as pequenas e detalhadas ilustrações. Podem verificar isto mesmo mais abaixo:

LEGO Tattoo Pilot Extrafine 1 LEGO Tattoo Pilot Extrafine 2LEGO Tattoo Pilot Extrafine 3 LEGO Tattoo Pilot Extrafine 4 LEGO Tattoo Pilot Extrafine 5 LEGO Tattoo Pilot Extrafine 6

Casa Borboleta

Devido à catástrofe natural  que devastou as Filipinas, um grupo de designers e arquitetos  decidiram desenvolver a Casa Borboleta para realojar os habitantes que sobreviveram ao tufão. A principal curiosidade que encontrei neste projeto foi que com apenas três a quatro pessoas se consegue montar a estrutura, desdobrável, e em apenas 15 minutos! Esta casa tem uma versão de 15 e outra de 26 metros quadrados. Já em termos de materiais dos painéis interiores, estes podem ser ora em bambu, ora em metal ou simplesmente em plástico.

O que torna a casa única é o facto de combinar uma capacidade de resposta rápida em caso de desastre mas ao mesmo tempo trata-se de uma estrutura de aço, o que dá uma sensação de estabilidade e segurança às pessoas que estão no interior da casa

Rogelio Santos, criador da casa Borboleta.

Este projeto tem também a mão do arquiteto Royal Pineda. Royal Pineda diz que o principal valor desta Casa Borboleta é a facilidade com que após um acidente como este ocorrido nas Filipinas, é possível colocar em açao habitações de qualidade e não apenas remediações de curta duração.

Ilustrações engraçadas por Vitor Nunes

Vitor Nunes é um artista Português que se foca em utilizar alguns objetos do nosso dia-a-dia, como por exemplo, pipoca, nozes, penas, clips e muitos outros, e a partir dos mesmos cria ilustrações bem humoradas e incríveis. Este trabalho é intitulado como “Cotidiano” por Vitor Nunes.
Confira algumas das suas obras:
1538852_10152156373683622_2142783325_n1551496_239678186214052_924122721_n1532072_10152156373688622_365474558_n1604525_239678072880730_1040699913_n1897888_10152234953758622_609942862_n1617600_249775698537634_129076118_o

Veja mais algumas das suas ilustrações na sua página do Facebook: Aqui!

Edgar Mueller faz arte inovadora nas ruas

Bem, vou falar sobre Edgar Mueller, um pintor que é bastante criativo e que inovou a arte nas ruas. Para começar irei falar um pouco sobre este homem, esclarecendo assim como é que tudo começou.
Edgar Mueller nasceu a 10 de junho de 1968 e a sua fascinação pela pintura começou logo desde a infância. Com apenas 16 anos Edgar Mueller começou a participar em competições, muitas delas internacionais o que gerou a que ele ficasse com o titulo de “mestre de rua”.
Com 25 anos este artista decidiu dedicar-se completamente às pinturas de rua. Edgar Mueller, está sempre a procurar novas formas de expressar-se.
Atualmente Edgar Mueller dedica-se exclusivamente a fazer arte nas ruas de uma maneira inovadora, criando efeitos em três dimensões. Edgar Mueller cria pinturas belíssimas que convidam o público a interagir com a sua arte.
Para melhor perceberem, deixo-vos um video com uma grande obra de arte deste artista.

 

Brevemente – 4ºedição – Ainda vais a tempo!

A Semana Cultural da Universidade de Coimbra, este ano na sua XVI edição, tem como mote REDES, “Redes em que nos movimentamos ou que nos circundam – de trabalho, sociais, de solidariedade, familiares, dos afetos, do ecossistema, do universo, de transportes, da música, redes de investigação, redes científicas”. O Design e o Multimédia irão ter um papel importante nestas Redes, à semelhança das últimas edições do Brevemente da semana cultural da universidade de Coimbra. Este ano a Universidade de Coimbra realiza, durante semana cultural da universidade de Coimbra,  a quarta edição do Brevemente – Concurso Universitário Internacional de Design e Multimédia, destinado a todos os estudantes de expressão Portuguesa. Nos anos anteriores conseguiram estimular e premiar a criatividade no meio académico, promovendo trabalhos oriundos de várias partes do mundo Lusófono, que de outra forma teriam apenas espaço dentro das portas das Universidades e dos Institutos Politécnicos.

poster-final-1-page-001

Como júri terão Alice Geirinhas, Clara Almeida Santos, Lizá Ramalho, Luís Moreira e José Bártolo. Em comum, todos são reconhecidos especialistas na área do design ou da comunicação.

Agora tens até ao dia 8 de Abril para entregar a tua submissão de trabalhos. De que estás à espera?

Inscreve-te, aqui!
Podes também consultar o regulamento e tirar algumas duvidas.
Para mais informações visite o site do Brevemente – 4º Edição, relativo à semana cultural da universidade de Coimbra.

O comercial mais criativo da Coca-cola

A Coca Cola fez no passado dia 28 de Janeiro de 2014 um comercial que consistiu em colocar umas câmaras escondidas e fotografar algumas pessoas antes do filme começar. O objetivo era criar um filme das pessoas que estavam assistindo à sessão mostrando os principais “defeitos”. Esta ação decorreu em  Copenhaga com criatividade da própria Coca Cola com a agência Saatchi que nomearam este comercial de “SLURP”.

Os anúncios da Coca Cola foram sempre muito profundos e dominantes, já que um dos objetivos de Woodruff, que comandou a empresa por 60 anos era de assegurar que todo mundo no planeta experimentasse a Coca-Cola e a tornasse a bebida preferida.

Porque Mudei de Canon para Nikon? (II)

Antes de continuar este artigo acerca do tema “porque Mudei de Canon para Nikon”, quero deixar bem claro que neste blogue não existe nenhum patrocínio da Nikon, embora eu me considere um nikonista, mesmo trabalhando de quando em vez com a Canon também. Mais, este artigo é continuação de um outro publicado no ano anterior relativo à opção de um fotográfo freelancer francês: Tristan Shu.

2 – As Objetivas são melhores

Bem, eu bem sei que esta é uma afirmação deveras cruel e que poderá fazer muita gente saltar das suas cadeiras, mas a afirmação nem sequer é minha. É o próprio Tristan Shu que o diz. Segundo ele, e de acordo com o tipo de trabalho que ele faz, as objetivas Nikkor da Nikon são as ideais porque lhe permitem estar mais perto da ação. Não encontramos nenhum debate credível que negue que as Nikkor 16-35 VR e Nikkor 14-24 são deveras muito superiores às Canon 16-35L e 17-40L. A nitidez que as lentes das objetivas Nikkor oferecem são, de acordo com Tristan Shu, são deveras satisfatórias.

c3

Uma outra diferença encontrada no uso de objetivas premium é que com as objetivas ‘L’ da Canon é necessário fechar ao máximo as lentes de forma a conseguir o máximo de nitidez nas imagens e, já no caso da Nikon consigo isso mesmo quando capto imagens com um ou dois stopts acima da luminosidade padrão. Além disso, se compararmos objetivas equivalentes, em média, as da Nikon são sobejamente menos dispendiosas.

3 – A focagem automática é mais simples de usar

Read more

Related Posts with Thumbnails